Veja porque cirurgia bariátrica pode prevenir diabetes tipo 2

A cirurgia bariátrica, mais conhecida como “redução de estômago”, é geralmente associada à questão de estética, já que ajuda o obeso a perder peso. Mas o procedimento, além de melhorar a qualidade de vida do paciente, pode ajudá-lo na prevenção de várias doenças, como a diabetes. Veja porque cirurgia bariátrica pode prevenir diabetes tipo 2.

Veja porque cirurgia bariátrica pode prevenir diabetes tipo 2 (Foto: Divulgação)
Veja porque cirurgia bariátrica pode prevenir diabetes tipo 2 (Foto: Divulgação)

Veja porque cirurgia bariátrica pode prevenir diabetes tipo 2

A cirurgia bariátrica é muitas vezes recomendada para combater a obesidade, já que reduz o tamanho do estômago e ajuda o paciente a perder peso. Ao combater a obesidade, combate-se um dos principais fatores de risco para a diabetes tipo 2. Os dois problemas estão diretamente relacionados.

Cuidado com o excesso gordura localizada (Foto: Divulgação)
Cuidado com o excesso gordura localizada (Foto: Divulgação)

Glicose vira energia

Entenda: para que a glicose se transforme em energia, é necessário que a insulina se conecte a receptores presentes nas células. Quando o paciente é obeso e principalmente quando acumula gordura na região abdominal, gera uma deficiência na quantidade desses receptores, levando à resistência à insulina e o aumento da glicose no sangue – todo esse processo caracteriza a diabetes tipo 2.

Pesquisas apontam ainda que, além de prevenir, a cirurgia bariátrica pode controlar a diabetes, pois provoca alterações fisiológicas que melhoram o metabolismo de glicose e gorduras. Além da diabetes, verifica-se ainda o controle da hipertensão, apneia do sono e dislipidemia.

Coma alimentos saudáveis (Foto: Divulgação)
Coma alimentos saudáveis (Foto: Divulgação)

Alimentação equilibrada

Entretanto, é importante ressaltar que a após a cirurgia é preciso aderir a uma alimentação equilibrada e a prática regular de atividades físicas. Isso porque a manutenção do peso depende desse estilo de vida saudável e ativo. Portanto, os seus hábitos devem acompanhar e se adaptarem ao seu novo corpo.

Além disso, cada caso deve ser analisado individualmente. Converse com seu médico para saber se a cirurgia bariátrica é indicada para seu caso específico ou se é melhor combater a obesidade de outra forma.

Mede a circunferência abdominal (Foto: Divulgação)
Mede a circunferência abdominal (Foto: Divulgação)

Comprovação científica

Um estudo realizado pelo King’s College London, na Grã-Bretanha, testou a eficácia da cirurgia bariátrica em obesos na prevenção da diabetes. Dois mil adultos obesos que não tinham a doença foram submetidos ao procedimento cirúrgico. Depois, esses pacientes foram comparados com outros dois mil participantes (com características semelhantes, como idade, IMC e taxa de glicose) que não foram submetidos a nenhum tratamento contra a obesidade.

Ao longo de três anos, todos os voluntários foram acompanhados e o resultado foi: entre as pessoas que fizeram a cirurgia, somente 38 desenvolveram diabetes tipo 2; já no outro grupo, que não realizou a cirurgia, foram 177 diagnósticos da doença. Os pesquisadores concluíram que o procedimento reduz a incidência da diabetes em 80%.

 


/* */