Sinais de que você está com diabetes

O diabetes é uma doença relacionada ao envelhecimento, ao sedentarismo, a dietas pouco saudáveis e à obesidade. Ela se caracteriza pelos níveis elevados de açúcar no sangue, já que o diabético não consegue usar a glicose como fonte de energia, acumulando-a na corrente sanguínea.

Por conta disso, o organismo começa a emitir alertas de diversas maneiras. Para diagnosticar a doença o quanto antes e evitar maiores danos à saúde, é importante ficar atento e conhecer os Sinais de que você está com diabetes , como o emagrecimento excessivo, aumento do apetite e demora na cicatrização.

emagrecimento

 

 

Sinais de que você está com diabetes

Pesquisas apontam que cerca de metade dos portadores de diabetes desconhecem a sua condição, já que é uma doença pouco sintomática. Entretanto, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado ajuda a evitar complicações futuras com o desenvolvimento da doença. Para isso, é fundamental ter consciência sobre os sintomas comuns ao diabetes, ficar atento aos sinais que o corpo emite e procurar orientação médica. Se você tiver diabetes no histórico familiar, a atenção deve ser redobrada.

Diabetes Tipo 2

No diabetes tipo 2, o mais comum, os sintomas aparecem de forma gradativa e muitas vezes passam despercebidos pelas pessoas. Já no diabetes tipo 1, os sintomas são parecidos, mas eles se instalam de forma rápida, causando um maior alarde, como urina e sede excessivas e emagrecimento.

Confira abaixo, alguns sintomas frequentes:

Aumento da urina: o organismo com diabetes do tipo 1 ou 2 acumula glicose na corrente sanguínea e ela é eliminada pela urina. Por isso, aumenta a vontade de urinar, o que, por consequência, aumenta a sede e faz com que você beba mais água do que o habitual.

Perda de peso: como o organismo não utiliza de forma correta a glicose dos alimentos, ele não produz nem armazena energia, daí a perda de peso.

Visão turva: alto nível de açúcar no sangue causa inchaço no cristalino (a lente do olho), o que diminui a capacidade de foco, deixando a visão embaçada.

visão

Infecções urinárias frequentes: o acúmulo de glicose no sangue facilita o crescimento e a multiplicação de fungos, que causam infecções.

Manchas escuras no corpo: manchas escuras e com aspecto aveludado na pele, principalmente, no pescoço, virilha e axilas.

Demora na cicatrização: o excesso de glicose no sangue faz com que as células diminuam a sua capacidade de reparar tecidos e de gerar novos vasos sanguíneos.

Aumento do apetite: como a geração de energia está comprometida, o organismo interpreta isso como se o diabético estivesse em jejum, aumentando o apetite.

Cansaço excessivo: por conta da desidratação (causada pelo excesso de urina) e pela incapacidade das células em receber glicose, que é a principal fonte de energia das células e combustível do nosso corpo.