Saiba se o diabético pode consumir açúcar mascavo

O diabetes exige cuidados diários com a alimentação. Fazer as escolhas certas em cada refeição é imprescindível para manter normais os níveis de glicose no sangue e controlar a doença. Assim, devem ser priorizados alimentos ricos em fibras, por exemplo, e evitado o excesso de gorduras, frituras, sal e, claro, açúcar.

Sobre este último componente, uma dúvida é recorrente: o açúcar mascavo pode ser consumido por diabéticos? Esse tipo de açúcar é visto como uma alternativa mais saudável, mas é preciso entende-lo melhor. Saiba se o diabético pode consumir açúcar mascavo.

Saiba se o diabético pode consumir açúcar mascavo
Veja como o diabetes pode ajudar a sua vida (Foto: Divulgação)

Saiba se o diabético pode consumir açúcar mascavo

Um dos alimentos considerados inimigos do diabetes é o açúcar, pois aumenta os níveis de glicose no sangue, descontrolam a doença e facilita o desenvolvimento de outros problemas relacionados a ela. Saber o que comer e evitar o açúcar é, portanto, fundamental para evitar hiperglicemia (alta concentração de glicose no sangue). Nesse contexto, é comum o diabético se questionar sobre o açúcar mascavo, já que ele é sempre apresentado como uma opção mais saudável em comparação ao açúcar refinado.

Existem muitos tipos de açúcar (Foto: Divulgação)
Existem muitos tipos de açúcar (Foto: Divulgação)

Leia também: Como diminuir o açúcar no sangue

Açúcar mascavo é saudável, mas será que o diabético pode?

De fato, o mascavo é mais saudável que o refinado porque passa por menos processos químicos em sua produção. O açúcar mascavo é obtido diretamente da concentração do caldo de cana recém-extraído, ao contrário do açúcar comum, que passa por um processo de refinamento. Dessa forma, por não passam pelo mesmo processo, preserva mais nutrientes (vitaminas e sais minerais) advindos da cana de açúcar. Ele dispensa o uso de aditivos químicos para o processo de branqueamento e clarificação – o que faz com que sua cor varie entre o dourado e o marrom-escuro.

Veja como o açúcar mascavo pode ser mais mascavo (Foto: Divulgação)
Veja como o açúcar mascavo pode ser mais mascavo (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Truques culinários que ajudam os diabéticos

Cuidado com os açúcares

Mesmo com essas diferenças, porém, a diferença calórica e de grama de carboidratos entre os dois tipos não são tão significativas. Ainda não existem estudos científicos que comprovem que a glicose do mascavo eleva a glicemia mais ou menos rapidamente que o açúcar refinado.

A ideia de que o açúcar mascavo pode ser consumido por diabéticos com mais segurança e tranquilidade não é tão certa assim, pois ele é absorvido de forma similar ao açúcar comum.

O consumo do açúcar pode ser super feito sempre (Foto: Divulgação)
O consumo do açúcar pode ser super feito sempre (Foto: Divulgação)

Portanto, pessoas com diabetes podem consumir, sim, o açúcar mascavo, mas tendo em mente as mesmas recomendações e tendo os mesmos cuidados que receberam para o consumo do açúcar refinado – e outros tantos alimentos – para controlar as porções e, por tabela, os níveis de glicemia.