Neuropatia Diabetica: Causas, Sintomas, Tratamentos

Antes de falarmos dos sintomas, causas e tratamento que a neuropatia causa, vamos explicar do que se trata, afinal muitas pessoas não sabem o que é neuropatia diabética e procuram por essas informações que são extremamente importantes. Por isso para quem está procurando por informações sobre Neuropatia Diabética: Causas, Sintomas, Tratamentos, poderá aproveitar o post que separamos.

Neuropatia Diabetica

O que é neuropatia diabética

Para quem não conhece, a neuropatia diabética é uma espécie de distúrbio que é causado pelo diabetes. Algumas pessoas com diabetes podem sofrer danos nos nervos com o passar do tempo e os sintomas muitas vezes podem nem aparecer, ou as vezes ocorrem sensações de dores, formigamentos ou então a perda de sensibilidade que ocorrem principalmente nas mãos, braços, pés e pernas. A neuropatia também pode ocorrer no sistema digestivo e também atingir o coração e os órgãos reprodutores.

diabetes-neuropatia-diabetica
De acordo com o National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases, aproximadamente 60 a 70% das pessoas com diabetes também desenvolvem a neuropatia. Existem quatro tipos de neuropatia diabética e são elas: neuropatia periférica, neuropatia autonômica, amiotrofia diabética e mononeuropatia.

Causas da neuropatia diabética

Quando ocorre o diabetes, há uma diminuição do oxigênio que chega até os nervos por meio dos vasos sanguíneos. Isso também forma um processo inflamatório e tanto a falta de oxigênio como a inflamação, podem causar um mau funcionamento nos nervos e com isso causam a neuropatia diabética.

As causas são diferentes conforme o tipo de neuropatia diabética, porém os danos dos nervos se dão com a combinação de alguns fatores, como por exemplo:

  1. Fatores metabólicos, como a glicose sanguínea elevada, diabetes de longa duração, os níveis de gordura no sangue anormais, e, possivelmente, os baixos níveis de insulina
  2. Fatores neurovasculares, levando a danos aos vasos sanguíneos que levam oxigênio e nutrientes aos nervos
  3. Fatores autoimunes que causam a inflamação nos nervos
  4. Danos mecânicos aos nervos, como a síndrome do túnel do carpo
  5. Traços herdados que aumentam a suscetibilidade à doença do nervo
  6. Fatores de estilo de vida, como o tabagismo ou uso de álcool

Sintomas da neuropatia diabética

Como existem quatro tipos de neuropatia diabética, os sintomas são diferentes para cada um deles.

Neuropatia periférica:

  • neuropatia-diabeticaDormência
  • Redução da capacidade de sentir dor ou alterações na temperatura, especialmente nos pés e dedos
  • Sensação de formigamento ou queimação
  • Dor ao caminhar
  • Extrema sensibilidade ao toque mais leve – para algumas pessoas, até mesmo o peso de uma folha pode ser angustiante
  • Fraqueza muscular e dificuldade para caminhar
  • Problemas graves nos pés, como úlceras, infecções, deformidades e dores ósseas e articulares. Essa condição é chamada de pé diabético.

Neuropatia autonômica:

  • Ausência de sintomas de hipoglicemia quando os níveis de açúcar no sangue estão baixos
  • Problemas de bexiga, incluindo infecções urinárias frequentes ou incontinência urinária
  • Prisão de ventre, diarreia não controlada ou uma combinação dos dois
  • Esvaziamento lento do estômago (gastroparesia), levando a náuseas, vômitos e perda de apetite
  • Dificuldade em engolir
  • Disfunção erétil
  • Secura vaginal
  • Aumento ou diminuição da sudorese
  • Incapacidade do corpo para ajustar a pressão arterial e frequência cardíaca, levando a quedas acentuadas da pressão arterial ao levantar, por exemplo
  • Problemas em regular a temperatura corporal
  • Mudanças na forma como os olhos se ajustam a um ambiente claro ou escuro
  • Aumento da frequência cardíaca em repouso

Amiotrofia diabética:

  • Dor repentina e grave no quadril, coxa ou nádega
  • Músculos da coxa eventualmente fracos ou atrofiados
  • Dificuldade de se levantar
  • Inchaço abdominal, se o abdômen é afetado
  • Perda de peso

Mononeuropatia:

  • Dificuldade em focar a visão, visão dupla ou dor atrás de um olho
  • Paralisia de um lado do rosto (paralisia de Bell)
  • Dor na perna ou pé
  • Dor na parte da frente da coxa
  • Dor no peito ou abdominal

Tratamento Neuropatia diabética

O tratamento é um pouco complexo, dependendo do tipo de neuropatia, mas a primeira coisa a se fazer é deixar os níveis de glicose no sangue dentro dos limites normais. Procure um médico para identificar o tipo de neuropatia diabética e para que o mesmo lhe indique o melhor tratamento.

/* */