Insulina NPH: Indicação, para que serve, bula, preço

Muitas pessoas precisam tomar um certo medicamento, mas muitas vezes nem sabem para que serve, do que se trata. Hoje vamos falar sobre o medicamento Insulina NPH: Indicação, para que serve, bula, preço. Essas são informações extremamente importantes para quem precisa tomar esse medicamento ou até mesmo como fins de conhecimento.


Insulina NPH

Indicação Insulina NPH

Todo medicamento tem uma indicação e com o Insulina NPH não poderia ser diferente. Esse tipo de medicamento é indicado para o tratamento do diabetes mellitus. Esse medicamento serve para o Tratamento de diabetes melito tipo 1, Tratamento de diabetes melito tipo 2 em pacientes não controlados com dieta e antidiabéticos orais, Tratamento de cetoacidose, coma hiperosmolar e na vigência de cirurgia, infecção ou traumatismo em diabéticos de tipos 1 e 2.

Todo medicamento tem uma contraindicação, seja ela mínima possível e, portanto, no caso da Insulina NPH, a contraindicação é com relação a Hipersensibilidade a algum componente da formulação Hipoglicemia.

seringas

Ao usar o Insulina NPH é preciso tomar algumas precauções, como por exemplo, Redução da dose em insuficiência renal e hepática, Condições que reduzem a necessidade de insulina: diarréia, vômitos, hipotiroidismo, insuficiência renal e hepática, Condições que aumentam a necessidade de insulina: febre, hipertireoidismo, traumas, infecções, cirurgias, Monitorização de episódios de hipoglicemia durante exercício físico e longos períodos em jejum, Monitorização diária de glicemia, Monitorização do potássio sérico, Acompanhar o tratamento com dieta adequada, Categoria de risco na gravidez.

Em relação a dose do medicamento, geralmente é o médico que pode ministrar a quantidade. Porém na bula, está indicado 0,3 a 1,5 U/kg/dia, por via subcutânea, 1 a 2 vezes ao dia, pela manhã e à noite. Ajustes de 2 a 4 U por dia podem ser feitos, após 2 a 3 dias de observação. Ao alcançar dose de 40 U/dia, é prudente dividi-la em duas injeções diárias.

Orientações aos pacientes que utilizam a Insulina NPH

Todo medicamento tem uma orientação para quem o utiliza. No caso da insulina NPH, as orientações aos pacientes são:

• Educar para reconhecer sintomas de hipoglicemia, como visão borrada, confusão, frio, fome excessiva, cefaléia, náuseas, entre outros, e a conhecer hábitos que podem resultar em hipoglicemia, como atraso ou esquecimento de uma refeição, exercícios intensos e álcool. Caso ocorram esses sintomas, colocar açúcar entre a gengiva e a bochecha.

• Educar para reconhecer sintomas de hiperglicemia e cetoacidose, como visão borrada, boca e pele secas, náuseas, vômitos, aumento da frequência e do volume de urina, perda de apetite, entre outros, e a conhecer hábitos e/ou situações que podem resultar em hiperglicemia, como diarréia, febre, infecções e dieta inadequada.

insulina
• Orientar quanto à importância da adesão aos esquemas de dieta, exercícios e monitoramento de glicemia e da organização de um esquema de administração que previna reaplicação no mesmo local em menos de 15 a 20 dias.

Bula e preço

A bula é da Insulina NPH pode ser acompanhada através do site de medicamentos. Em relação ao preço, depende muito de cada região, porém gira em torno de 24 a 60 reais.

/* */