Hemoglobina Glicada – O que é? Para que serve?

Quando um médico encaminha o paciente para um exame de hemoglobina glicada, muitas vezes o paciente se assusta, pois o nome é estranho e isso faz com que o assunto se torne complicado, muito mais do que na verdade é. Por isso trouxemos algumas informações sobre o tema Hemoglobina Glicada – O que é? Para que serve? Para quem está interessado em conferir essas informações, veio ao lugar certo.


Hemoglobina Glicada - O que é? Para que serve?

O que é e para que serve a hemoglobina glicada

Para quem não sabe, a hemoglobina glicada é um componente do sangue e é responsável por deixa-lo da cor vermelha. Porém a hemoglobina glicada também tem uma importante função que é de transportar o oxigênio por todo o nosso corpo. Quando inspiramos, a hemoglobina é a responsável por carregar todo o oxigênio dos pulmões para todas as células do nosso organismo.

diabetes-hemoglobina-glicada
No momento em que as hemoglobinas caminham pelo corpo, elas entram em contato com a glicose que também está presente na corrente sanguínea. Muitas vezes esse encontro da hemoglobina com a glicose, acaba virando um “casamento” microscópio e a partir daí elas podem ficar unidas por toda a vida. Então surge o nome glicosilada ou glicada.

Esse “casamento” da hemoglobina com a glicose permanece no sangue por toda a vida, como já havíamos dito, porém a hemoglobina dura apenas de dois a três meses. Quanto mais açúcar a pessoa tiver em seu sangue, mais chances de se ter um “casamento” de uma hemoglobina com a glicose, tornando-se uma hemoglobina glicada.

A partir da hemoglobina glicada, pode-se diagnosticar e acompanhar os casos de diabetes em conjunto com os exames de curva glicêmica e glicemia em jejum. O exame de hemoglobina glicada pode ser solicitado pelo médico mesmo sem que o paciente apresente os sintomas, apenas como um exame de rotina, porém quem tem diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2, é mais frequente o exame de hemoglobina glicada.

Sintomas

Alguns sintomas podem levar o seu médico a pedir o exame, como por exemplo: Exame de glicemia de jejum acima do normal, Urinar várias vezes ao dia, Sede intensa, Perda de peso apesar da ingestão de alimentos, Glicemia fora do jejum maior que 200mg/dl, Desidratação, Tonturas, Mal-estar (em crianças pode se manifestar como uma dor abdominal), Fome intensa, Náusea, Desmaios ou comas, Troca da dosagem ou do medicamento para tratamento do diabetes, Parente direto com diabetes.

diagnostico-do-diabetes

Como é feito o exame

O exame de hemoglobina glicada é muito simples, ou seja, é colhida uma amostra de sangue em um laboratório e a mesma é analisada por meio de equipamentos especializados. Os resultados podem ser obtidos cerca de uma hora. É bem rápido e simples. Portanto, é importante manter sempre em ordem os exames de rotinas para evitar grandes transtornos em relação a sua saúde.