Frutas podem dar diabetes: entenda, mitos e verdades

As frutas são essenciais para a alimentação diária de qualquer pessoa, seja ela diabética ou não, pois são alimentos extremamente nutritivos. Além de serem ricas em minerais, vitaminas e fibras, as frutas também são compostas por açúcar (frutose, um açúcar natural), o que pode levar a crer que elas não devem ser consumidas por diabéticos. Engano. Mas como todos os outros alimentos, elas devem ser consumidas sem excesso, de forma planejada e equilibrada, para não afetarem nas taxas de glicose e ajudarem no desenvolvimento do diabetes. Entenda por que Frutas podem dar diabetes.

Frutas podem dar diabetes entenda, mitos e verdades (Foto: Divulgação)
Frutas podem dar diabetes entenda, mitos e verdades (Foto: Divulgação)

Frutas podem dar diabetes: entenda, mitos e verdades

O açúcar é encontrado em vários alimentos da nossa dieta, inclusive, nas frutas. Nelas, o açúcar está presente na forma de frutose, sendo que algumas possuem mais frutose do que outras. Isso não significa que frutas são proibidas na dieta alimentar do diabético ou mesmo para uma dieta de prevenção da doença, mas devem ser consumidas de forma moderada e de acordo com a orientação do nutricionista. Ou seja, há um limite de consumo, especialmente para quem já possui diabetes.

Tropical fruit smoothies pode para diabéticos? (Foto: divulgação)
Tropical fruit smoothies pode para diabéticos? (Foto: divulgação)

Cuidados com algumas frutas

Os carboidratos que consumimos são transformados em glicose, mas existem dois tipos de carboidratos diferentes: os simples (açúcar e massas refinadas), que são digeridos mais rápido pelo organismo; e os complexos (grãos integrais), que demoram mais para serem digeridos.

Frutas sempre fazem bem, mas será que podem causar diabetes?(Foto: Divulgação)
Frutas sempre fazem bem, mas será que podem causar diabetes?(Foto: Divulgação)

Leia também: Como diminuir o açúcar no sangue

Cuidado com o índice glicêmico

Então, quando se avalia um alimento e sua inclusão na dieta, é preciso levar em conta a sua carga glicêmica (quantidade de glicose que vai entrar no organismo) e o seu índice glicêmico (velocidade com que a glicose entra no organismo). Sendo assim, o tipo de alimento que é favorável ao diabetes é aquele com carga e índice glicêmico elevados – que é o caso de algumas frutas, como figo, caqui e banana.

Coma com vontade as frutas que ama, mas cuide das quantidades (Foto: Divulgação)
Coma com vontade as frutas que ama, mas cuide das quantidades (Foto: Divulgação)

De qualquer forma, muitas frutas possuem propriedades que são importantes tanto para a prevenção como para o controle do diabetes. É o caso, por exemplo, do abacate (rico em gorduras boas), da maçã (rica em fibras), da cereja e da amora (grande poder antioxidante), do coco (ajuda a combater bactérias e fungos) e do limão (protege as artérias e evita hemorragia). O ideal é evitar consumir frutas isoladamente e dar preferência a elas como sobremesa ou acompanhadas com aveia, linhaça, leite e granola diet.

Cuidado com as quantidades (Foto: Divulgação)
Cuidado com as quantidades (Foto: Divulgação)

Cuidados com o suco de fruta

Outro ponto de atenção se refere ao suco de frutas, uma boa opção para muitas pessoas. Acontece que ninguém para pra pensar que para fazer um copo de suco, muitas vezes, é preciso de duas ou três laranjas, por exemplo, o que ultrapassa as porções diárias recomendadas. Além disso, o processo faz com que a fruta perca sua fibra (no caso da laranja, fica no bagaço, que sempre é posto fora na hora de fazer o suco), ou seja, se comermos a laranja inteira além não ter prejuízo de nutrientes, comemos mais devagar se comparado a um suco e ainda aumenta a sensação de saciedade.

 


/* */