Cuidados do diabético na manicure: precauções

Todos os diabéticos, principalmente os que estão com a doença fora do controle, precisam de cuidados especiais quando apresentam algum ferimento, em especial nas extremidades corporais (pés e mãos). Isto porque a doença afeta a circulação sanguínea nessas regiões e, por tabela, prejudica o processo de cicatrização. Daí a necessidade de redobrar a atenção na hora de ir para manicure, pois qualquer descuido pode causar um ferimento e, se não for percebido e bem tratado, pode gerar complicações ao paciente. Saiba quais precauções de Cuidados do diabético na manicure.

Leia também: Como diminuir o açúcar no sangue

Todos diabéticos precisam tomar cuidado com a manicure (Foto: Divulgação)
Todos diabéticos precisam tomar cuidado com a manicure (Foto: Divulgação)

Cuidados do diabético na manicure

Por conta da concentração de glicose no sangue, o diabético pode perder a sensibilidade nas extremidades do corpo, principalmente nos pés, e não perceber ferimentos e infecções nessas regiões. Como a doença também prejudica o processo de cicatrização, o machucado pode evoluir e gerar algo mais sério, como a necessidade de amputação.

Tenha muito cuidado com a manicure (Foto: Divulgação)
Tenha muito cuidado com a manicure (Foto: Divulgação)

Manicure é local de alerta

Para evitar esse quadro, é essencial que o diabético redobre os cuidados com pés e mãos, o que inclui o uso de serviço das manicures. As profissionais precisam ser avisadas sobre a condição de diabético do cliente e alertados sobre alguns cuidados durante o procedimento.

Por exemplo, caso a manicure retire uma cutícula muito profunda, isso pode ocasionar uma lesão; se esta não cicatrizar, gera uma infecção e, dessa forma, aumenta as chances de complicações.

Diabéticos precisam ter cuidado ao fazer as unhas (Foto: Divulgação)
Diabéticos precisam ter cuidado ao fazer as unhas (Foto: Divulgação)

Veja uma lista de cuidados que devem ser tomados na manicure

Para ajudá-los nesses cuidados, listamos algumas precauções que o diabético deve ter na manicure:

  • Não somente os pés devem ser lembrados na hora dos cuidados; as mãos também precisam de zelo
  • As cutículas protegem as unhas de infecções. Retirá-las por completo expõe as unhas à ação de fungos e bactérias, o que pode gerar micoses e infecções. Portanto, é recomendável que se retire apenas o excesso delas
  • Pra facilitar a retirada das cutículas, existem produtos que as hidratam e amolecem, evitando cortes
Os diabéticos precisam cuidar melhor das unhas (Foto: Divulgação)
Os diabéticos precisam cuidar melhor das unhas (Foto: Divulgação)
  • Ao cortar as unhas, peça cuidado com a manipulação da tesoura e não as deixe muito curtas
  • Deixe sempre os pés e mãos secos, pois a umidade excessiva facilita o surgimento de fungos e micoses
  • Garanta que seu material seja individual, descartável ou esterilizado de forma adequada
  • Não corte as unhas pelos cantos, pois isso evita que elas encravem
  • Peça para que a profissional avise se identificar qualquer alteração na pele, como bordas desfolhando, manchas, descolamento da unha ou mesmo lesão. Se houver algo, procure orientação de um médico dermatologista para um tratamento adequado

 

 

/* */