Como viver com diabetes sem perder a qualidade de vida: confira

O diagnóstico de diabetes não significa algo assustador. Com um tratamento adequado, que envolva hábitos de vida saudáveis, é perfeitamente possível controlar e conviver de forma tranquila com a doença, evitando complicações e garantindo mais longevidade ao paciente. Como viver com diabetes sem perder a qualidade de vida: confira.

Como viver com diabetes sem perder a qualidade de vida: confira (Foto: Divulgação)
Como viver com diabetes sem perder a qualidade de vida: confira (Foto: Divulgação)

Como viver com diabetes sem perder a qualidade de vida: confira

O tratamento da diabetes envolve três aspectos centrais: alimentação, atividade física e medicação. Aliando uma dieta alimentar equilibrada, a prática regular de atividades físicas e medicamentos adequados, o paciente tem grandes chances de manter a glicemia sob controle e garantir qualidade de vida.

Essa mudança não é algo fácil de se realizar, mas com determinação e uma rotina rigorosa, essas medidas deixam de se caracterizar como um tratamento e tornam-se parte de um estilo de vida, incorporando-se naturalmente ao dia a dia. Todo início é difícil, o importante é persistir.

Confira mais informações sobre: Uma pitada de sal pode ajudar o diabético a comer melhor: entenda

Coma melhor para ficar de bem com sua saúde (Foto: Divulgação)
Coma melhor para ficar de bem com sua saúde (Foto: Divulgação)

Alimentação

Quanto à alimentação, é fundamental ter o acompanhamento de um nutricionista, pois é este profissional que vai elaborar um plano alimentar que atenda às necessidades do organismo de cada paciente. Ou seja, por mais que existam regras gerais de alimentação, nada substitui uma dieta personalizada. Confira algumas dicas:

  • comer rigorosamente a cada três horas para evitar picos de hipoglicemia (baixo nível de glicose no sangue) ou hiperglicemia (alto nível de glicose).
  • carregue consigo sempre alimentos práticos para comer nos intervalos das refeições principais. Frutas, biscoitos integrais e barras de cereais são boas opções para uma emergência fora de casa.
  • fique atento aos rótulos para se certificar que aquele produto é recomendável para sua dieta. O fato de ser diet ou light não garante que seu consumo seja adequado. Por isso leia atentamente a tabela nutricional e verifique as quantidades de gordura, proteínas, carboidratos, etc.
Aposte em atividades físicas para melhorar a sua saúde (Foto: Divulgação)
Aposte em atividades físicas para melhorar a sua saúde (Foto: Divulgação)

Atividades físicas

Manter o peso ideal é um elemento chave no tratamento da diabetes e, por tabela, na manutenção da qualidade de vida do paciente. Realizar atividades físicas regularmente, além de ajudar a perder peso, ajuda no controle da glicemia, melhora os níveis da hemoglobina glicada e previne o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Tudo isso reflete em qualidade de vida. Tenha sempre o acompanhamento de um educador físico para realizar exercícios compatíveis com sua condição física.

Inclua as saladas em seu cardápio (Foto: Divulgação)
Inclua as saladas em seu cardápio (Foto: Divulgação)

Tratamento médico

Uma das principais recomendações para um diabético em tratamento é monitorar diariamente as taxas de glicemia, pois assim o paciente saberá como proceder durante o dia, seja quanto à alimentação ou à prática de exercícios físicos, para controlar o nível de açúcar no sangue e evitar complicações.

É imprescindível que o tratamento seja acompanhado por um médico especializado e de confiança, pois somente ele poderá receitar remédios e dar as devidas orientações para cada caso. Estudos apontam ainda que os pacientes devem se envolver e se motivar com o tratamento, pois desta forma eles convivem melhor com a doença ao longos dos anos.

 

/* */