Aprenda a controlar a hipoglicemia com alimentos

A hipoglicemia é muito comum em pacientes diabéticos e se caracteriza quando os níveis de glicemia (quantidade de açúcar no sangue) estão baixos e insuficientes para o cérebro funcionar de forma adequada. Se a hipoglicemia não for controlada, ou seja, se a glicose não for reposta rapidamente, o paciente pode sofrer complicações. Isso pode ser feito de forma bastante eficaz somente com a alimentação. Portanto, Aprenda a controlar a hipoglicemia com alimentos.

Aprenda a controlar a hipoglicemia com alimentos (Foto: Divulgação)
Aprenda a controlar a hipoglicemia com alimentos (Foto: Divulgação)

Aprenda a controlar a hipoglicemia com alimentos

A glicemia é considerada normal quando oscila entre 70 e 100mg/dL. A hipoglicemia se caracteriza quando esse valor está abaixo de 70mg/dL. Qualquer pessoa pode apresentar um quadro hipoglicêmico – geralmente associado a uma alimentação desregrada – mas os diabéticos são mais vulneráveis à essa queda acentuada do nível de açúcar no sangue, que é uma consequência indesejável do tratamento.

Alimentação ao natural sempre é bom (Foto: Divulgação)
Alimentação ao natural sempre é bom (Foto: Divulgação)

Confira também: Como controlar a diabetes

Cuidados com medicamentos

Isso acontece porque alguns tipos de medicamentos orais para o tratamento da diabetes podem fazer com que o valor da glicemia baixe abruptamente. O uso desses remédios combinados com algumas situações geram o quadro de hipoglicemia, como: ficar muitas horas sem comer, realizar refeições pobres em hidratos de carbono, erros no uso dos medicamentos, atividade física intensa, consumo excessivo de bebida alcóolica e problemas intestinais (diarreia) e gástricos (vômito).

Dores de cabeça é bem complicado (Foto: Divulgação)
Dores de cabeça é bem complicado (Foto: Divulgação)

 

Causas

A causa mais comum da hipoglicemia se refere aos erros na alimentação, quando o paciente passa mais de três horas sem comer e ingere poucos alimentos ricos em carboidratos complexos, como batata, arroz, feijão e pão. Para evitar o problema, é fundamental monitorar frequentemente a glicemia e seguir uma dieta equilibrada com horários rígidos das refeições.

Em geral, para evitar crises de hipoglicemia, recomenda-se uma dieta rica em fibras (cereais integrais, frutas e verduras), pois elas retardam a digestão, além de proteínas (carne magra, peixe e ovo) e carboidratos complexos (pão, arroz e massa integrais). O ideal é procurar um nutricionista para elaborar um plano alimentar personalizado.

Alimentação saudável pode sempre (Foto: Divulgação)
Alimentação saudável pode sempre (Foto: Divulgação)

Sintomas 

Para identificar uma crise de hipoglicemia é importante conhecer alguns dos sintomas, como: fraqueza, fome aguda, tontura, suor frio, tremores, dor de cabeça, palpitações, visão turva, sonolência, ansiedade e, em casos mais graves, confusão mental, desmaio e até coma.

Tratamento

Muitas pessoas acham que para reverter o quadro de hipoglicemia basta comer de forma exagerada. Isso é um erro, pois além de não repor a glicemia de forma rápida, ainda pode gerar hiperglicemia, ou seja, o aumento da taxa de glicose no sangue. A melhor maneira de tratar a hipoglicemia é ingerindo açúcar, uma colher de mel, uma lata de refrigerante não dietético, um copo de suco de laranja, uma fatia de torrada ou uma porção de um alimento rico em carboidratos. Se o quadro persistir, deve-se procurar atendimento médico.