Amêndoas no combate da diabetes: entenda, como consumir?

A diabetes está diretamente relacionada aos hábitos alimentares do paciente. Uma alimentação balanceada ajuda tanto na prevenção como no controle da doença. Nesse contexto, alguns alimentos se destacam como grandes aliados por possuírem propriedades benéficas para o nosso organismo. É o caso, por exemplo, das amêndoas. Amêndoas no combate da diabetes: entenda, como consumir?

Confira mais informações sobre: 3 modelos de planilhas para controle da glicemia

Amêndoas no combate da diabetes: entenda, como consumir? (Foto: Divulgação)
Amêndoas no combate da diabetes: entenda, como consumir? (Foto: Divulgação)

Amêndoas no combate da diabetes: entenda, como consumir?

As amêndoas são um tipo de sementes oleaginosas, que possuem muitos nutrientes, proporcionam diversos benefícios e podem auxiliar o diabético a manter uma dieta saudável. As amêndoas, além de serem alimentos de baixo índice glicêmico (velocidade com que a glicose entra no organismo), podem frear o apetite, previnem a obesidade, ajudam na redução da gordura abdominal e regulam os níveis de glicose no sangue. Todos esses aspectos são pontos estratégicos em relação à diabetes.

Consuma amêndoas (Foto: Divulgação)
Consuma amêndoas (Foto: Divulgação)

Fonte de gorduras do bem

Essa semente é fonte de gorduras boas, as monoinsaturadas e as poli-insaturadas, que protegem o sistema cardiovascular e possuem efeito anti-inflamatório – além de possuir efeito antioxidante. Estudos apontam que o consumo adequado de amêndoas ajuda a reduzir o risco de diabetes tipo 2. Além disso, elas são ricas em minerais, como o manganês, que ajuda no fortalecimento dos ossos.

Confira mais informações sobre: 3 modelos de planilhas para controle da glicemia

Cuide das suas medidas sempre (Foto:Divulgação)
Cuide das suas medidas sempre (Foto:Divulgação)

Quantidades significativas de magnésio

As amêndoas têm ainda quantidades significativas de magnésio, um nutriente importantíssimo para o bom funcionamento da função nervosa, muscular e para a regulagem da pressão arterial. Quando o diabético está com os níveis de glicose muito elevados, ela é excretada do organismo pela urina e junto serão excretados também outros nutrientes, como o magnésio. Por isso, os pacientes diabéticos em crise precisam repor esse nutriente. O consumo de amêndoas pode ajudar nisso.

Aposte em comidas deliciosas e saudáveis como as amêndoas são (Foto: Divulgação)
Aposte em comidas deliciosas e saudáveis como as amêndoas são (Foto: Divulgação)

Benefícios para a saúde

Quando inseridas na dieta alimentar, as amêndoas – assim como outras oleaginosas, como castanha-do-pará, castanha de caju e nozes – geram uma série de benefícios para a nossa saúde. Mas é preciso ter alguns cuidados quanto à quantidade, pois elas são ricas em gorduras e o consumo excessivo pode refletir em aumento do peso corporal – uma das grandes preocupações quando o assunto é prevenção e controle da diabetes.

O ideal é procurar a orientação de um nutricionista para saber como usar as amêndoas à favor de sua saúde e como inseri-la no plano alimentar na quantidade correta. Costuma-se recomendar o consumo diário de quatro unidades de amêndoas como lanche nos intervalos entre as refeições principais. Além disso, a opção mais indicada é a versão in natura, pois possuem sódio em teor reduzido.

 

/* */