7 passos para diagnosticar diabetes

Ninguém nunca espera ser diagnosticado com doença nenhuma e, por esse motivo, muitas pessoas evitam fazer exames básicos que possam denunciar algum problema. Afinal, é melhor esconder um problema do que tentar resolvê-lo, certo?

Não, de maneira alguma! Diagnosticar alguma doença é primeiro passo para conseguir tratá-la e com a diabetes não é diferente. Por isso, para evitar mais complicações, atente-se aos menores sintomas da doença e procure logo um médico. Diagnosticar a diabetes não é complicado e é importante que você o faça, antes que a doença comece a afetar ainda mais a sua saúde.

7 passos para diagnosticar diabetes (Foto: Divulgação)
7 passos para diagnosticar diabetes (Foto: Divulgação)


1. Confira se você tem algum fator de risco da doença

O primeiro passo apara diagnosticar se você possui diabetes é saber se você se enquadra nos fatores de risco da doença: sobrepeso, sedentarismo, idade acima de 45 anos, maus hábitos alimentares, pressão alta ou herança da doença na família. Esses fatores te deixam mais vulneráveis para o aparecimento da diabetes, então vale ficar atento.

Consulte como vai a sua diabetes (Foto: Divulgação)
Consulte como vai a sua diabetes (Foto: Divulgação)

2. Fique atento aos sintomas

Outro passo crucial para o diagnóstico da doença é dar a devida atenção a qualquer sintoma que pode aparecer. Sede excessiva, ressecamento da pele, formigamento dos pés e cansaço são alguns exemplos que devem ser levados em conta.

3. Mude seus hábitos

Temos a insistente mania de tentar nos tratarmos antes de procurar algum médico e, como eu sei que você fará isso, te darei algumas dicas: mude seus hábitos alimentares, durma melhor e se exercite. O desaparecimento dos sintomas pode denunciar a doença, o que te leva ao próximo passo.

Procure um médico para ele receitar o medicamento correto (Foto: Divulgação)
Procure um médico para ele receitar o medicamento correto (Foto: Divulgação)

4. Procure um médico

Por fim, o passo mais certeiro que você precisa tomar para diagnosticar o diabetes: agende uma visita o médico da sua preferência, situe-o sobre o que você está sentindo e peça alguns exames.

Abaixo, seguem alguns métodos que te ajudarão a descobrir a doença.

5. Glicemia em jejum

Esse é o primeiro exame a ser feito quando se existe uma suspeita de diabetes. Se o valor de glicemia no sangue for acima de 126mg/dl, exames mais específicos serão exigidos pelo médico.

Cuidado com a sua alimentação (Foto: Divulgação)
Cuidado com a sua alimentação (Foto: Divulgação)

6. Glicemia pós prandial

É um método simples para o diagnóstico da doença e consiste em medir a glicemia 1, 2 e 3 horas após a ingestão de algum carboidrato.

7. Curva glicêmica

O exame mais certeiro consiste na medição da glicemia em jejum, que depois é comparado com outros exames nos quais o indivíduo ingeriu glicose ou glucagon. Valores acima dos normais confirmam o diagnóstico da doença.

O mais importante para o diagnóstico da diabetes é procurar um bom médico quando o primeiro sintoma surgir e fazer exames mais detalhados para descobrir a real causa do problema.

Lembre-se, também, que a diabetes é uma doença que pode se manter assintomática por bastante tempo, tornando os exames de rotina e as visitas regulares ao seu médico de extrema importância.

Por fim, ao diagnosticar a doença, comece logo com o tratamento e, principalmente, comece a mudar os seus hábitos antigos: seja menos sedentário, exercite-se com maior frequência e se alimente melhor – essas são as principais chaves para conseguir viver harmoniosamente com a diabetes.

/* */