3 tipos de insulina

A grande maioria dos diabéticos – 90% deles, para ser mais exata – possuem a diabetes tipo 2.  Ela é uma doença um pouco mais fácil de ser controlada e pode ser facilmente tratada apenas com a mudança de hábitos alimentares e com a prática de exercícios físicos.

3 tipos de insulina

Porém, se esse não é o seu caso e você possui o tipo 1 da diabetes, simples mudanças de hábito não serão o suficiente para tratar a sua doença. Como se trata de um problema um pouco mais sério, é comum que alguns medicamentos sejam prescritos pelo seu médico. Entre eles, as famosas injeções de insulina.

3 tipos de insulina (Foto: Divulgação)
3 tipos de insulina (Foto: Divulgação)

A aplicação delas se torna necessária pelo fato do pâncreas parar de produzir insulina, que é um hormônio essencial para o bom funcionamento do organismo.

É a insulina que controla a glicemia no sangue e é ela que fornece glicose para as células. Se está em falta, todo o metabolismo do corpo fica comprometido.Por isso, é indicada a aplicação diária do hormônio em forma de injeções. A aplicação por via oral não acontece pelo fato dos sucos digestivos do estômago comprometerem a sua eficácia.

Existem alguns tipos de insulina no mercado e elas são classificadas de acordo com o tempo que demoram para funcionar e pela duração da sua ação no organismo.

Cuide também da sua alimentação (Foto: Divulgação)
Cuide também da sua alimentação (Foto: Divulgação)

1. Insulina de ação rápida

Começa a fazer efeito 30 minutos após a sua aplicação, tem seu pico de 2 a 3 horas depois e dura por até 6 horas no organismo.

Cuide da sua saúde sempre (Foto: Divulgação)
Cuide da sua saúde sempre (Foto: Divulgação)

2. Insulina de ação intermediária

Começa a fazer efeito de 2 a 4 horas após a sua aplicação, tem seu pico de 4 a 12 horas depois e dura por até 18 horas no organismo.

Insulina é um bom tratamento (Foto: Divulgação)
Insulina é um bom tratamento (Foto: Divulgação)

3. Insulina de ação longa

Começa a fazer efeito de 1 a 2 horas após a sua aplicação, tem seu pico de 6 a 8 horas depois e dura por até 24 horas no organismo. A escolha da insulina varia de acordo com a suas necessidades. A insulina de ação longa, por exemplo, serve para controlar a glicose entre as refeições. Já a de ação rápida, por sua vez, controla a glicose ingerida nas refeições – por isso, deve ser aplicada aproximadamente 30 minutos antes de você se alimentar.

A melhor insulina para você será aquela que melhor imitar o seu pâncreas e melhor controlar o nível da sua glicose no sangue. Para descobrir qual você deve utilizar, procure o seu médico.

/* */