10 passos para ficar longe da diabetes

Mundialmente, os índices de diabetes têm aumentado de forma intensa, principalmente, em decorrência do moderno estilo de vida adotado por milhares de pessoas, onde a correria do cotidiano leva à má alimentação, ao sedentarismo e à obesidade – principais fatores de risco para o diabetes tipo 2. Apesar de um dos fatores da doença ser hereditário, há também as causas externas, que são adquiridas ao longo dos anos de acordo com os hábitos que a pessoa tem. Sendo assim, listamos 10 passos para ficar longe da diabetes.

10 passos para ficar longe da diabetes

10 passos para ficar longe da diabetes

Não existe uma fórmula para evitar o diabetes, mas adotando um estilo de vida que reúna, basicamente, alimentação equilibrada e atividade física regular é possível diminuir a probabilidade de adquirir a doença – que se desenvolve quando o organismo se torna incapaz de usar adequadamente a glicose, fazendo com que ela fique no sangue e afete o metabolismo. Abaixo, preparamos 10 passos para ficar longe da diabetes.

  1. Manter uma rotina saudável é de grande importância, seja em relação aos hábitos alimentares como a prática regular de exercícios físicos. O sobrepeso é um dos principais fatores de risco para o diabetes.
  2. Alimente-se correta e regularmente, reduzindo a ingestão de gorduras saturadas, açúcar refinado, mel e frituras. Ao mesmo tempo, dê preferência ao consumo de vegetais, frutas, peixes, aves e cereais integrais.
  3. Se esforce para manter um peso adequado ao seu corpo. Procure um nutricionista para seguir uma dieta balanceada e não deixe de realizar exercícios físicos.
  4. Pratique atividades físicas de forma regular, como caminhadas. Tente incluir na sua rotina diária, pelo menos, 30 minutos de exercícios físicos moderados, durante, pelo menos, cinco dias da semana. Mas sempre com acompanhamento especializado. dicas2
  5. Consumir álcool de forma moderada, pois determinadas bebidas alcoólicas possuem grandes quantidades de açúcar em sua composição. O consumo excessivo reflete diretamente na saúde do corpo.
  6. Vá ao médico com frequência para realizar uma revisão na sua saúde. O ideal é realizar exames gerais, de sangue e urina, uma vez por ano, para conferir as taxas de açúcar no organismo, principalmente se já houver casos de diabetes na família. Os exames podem diagnosticar a chamada “pré-diabetes”, ou seja, quando a taxa de glicose sanguínea é maior do que o normal e as chances de adquirir a doença no futuro são maiores. Como a pré-diabetes é reversível, é importante o exame médico periódico para diagnosticá-la e combatê-la no tempo certo.

Dicas

  1. Na hora de escolher uma bebida, sempre dê preferência à água ou sucos naturais. Refrigerante e sucos industrializados contêm enormes índices de açúcar.
  2. Problemas emocionais podem nos levar a comer mais, principalmente doces. Se for o caso, considere a ajuda de um psicólogo para ajudar no controle da ansiedade, por exemplo.
  3. Durma bem. De preferência, oito horas por dia. Um bom sono ajuda o organismo a relaxar do cansaço do dia a dia.
  4. Evite cigarro, álcool e outras drogas (lícitas e ilícitas) para manter sua saúde em dia.
/* */